Vilson Brusamarello toma posse como presidente do Sindicato Rural de São Gabriel do Oeste



O produtor rural Vilson Brusamarello, tomou posse da presidência do Sindicato Rural de São Gabriel do Oeste, durante cerimônia realizada na noite do último sábado (17). Brusamarello substitui Júlio César Bortolini, que deixa a diretoria sindical após 12 anos, sendo nove deles como presidente.

Em entrevista ao Idest, o novo presidente destacou que aceitou o convite de disputar a eleição, pois, defende a ideia de que o trabalho que vinha sendo realizado por Júlio tinha que ter sequência. Entre os objetivos da nova diretoria está a construção da sede administrativa no Centro de Treinamento, além de buscar aproximar mulheres e jovens no dia a dia do Sindicato.

Já sobre as dificuldades, Brusamarello destacou o fim da contribuição sindical compulsória. “Estamos vivendo um momento histórico. Sabemos e conhecemos as dificuldades que teremos com o fim da obrigatoriedade da contribuição sindical, que diminuiu significativamente a receita dos sindicatos rurais. Mas, com certeza, isso será superado”, aponta o presidente empossado, Vilson Brusamarello. “Nossa função será a de pilotar a instituição, mas queremos a participação de todos”, completa.

O presidente da Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul (Famasul), Mauricio Saito, participou da cerimônia de posse e destacou atuação dos representantes do Agro de São Gabriel do Oeste.

Brusamarello tem trabalho prestado nos avanços do Sindicato Rural de São Gabriel do Oeste. Todas as ações do ex-presidente, Júlio, tiveram a participação efetiva do novo presidente, que fez parte das duas últimas gestões da instituição. Além disso, ele sempre esteve presente em nossas assembleias gerais, de uma maneira bastante incisiva, e é isso que nós esperamos neste mandato”, enfatizou o presidente da Famasul, Mauricio Saito.

Entre os desafios da nova gestão, Saito destacou alguns pontos e disponibilizou a Federação para superá-los. “O fim da contribuição sindical compulsória é um desafio e seu impacto se dá em diferentes níveis, em cada um dos sindicatos.

Mas é simplesmente mais um obstáculo, pois sabemos como estimular a contribuição voluntária, por intermédio de uma comunicação bem feita com os produtores rurais para que haja o entendimento da importância do sistema sindical”, afirmou Saito desejando sucesso e continuidade nos trabalhos prestados por Júlio Bortolini.

Em entrevista ao portal Idest, Júlio Bortolini fez um resumo de seu trabalho a frente da diretoria do Sindicato Rural nestes 12 anos, destacando que quando assumiu, a receita não cobria as despesas do ano e hoje entrega a direção com as finanças equalizadas.

Júlio Cézar Bortolini colocou em evidência o papel do agro no desenvolvimento do município, afirmando que, indiretamente, sua diretoria conquistou cerca de R$ 9 milhões de verba federal, que serão aplicados em benefício da população.

Entre suas realizações, Bortolini destacou o fim da contribuição sindical adicional, trabalho de atualização de receitas, antecipação a data de início do plantio e do vazio sanitário em 15 dias, através de um movimento estadual junto da Federação.

Também foi adquirido um veículo para viabilizar a realização dos cursos, passando de 18 para 120 cursos ofertados. Em São Gabriel do Oeste também foi realizado o primeiro curso de pragueiro do Brasil, para facilitar o produtor a diagnosticar as pragas e doenças da propriedade.

Bortolini destacou a Associação dos Sindicatos da Região Norte do Estado que foi criada em São Gabriel do Oeste, englobando 13 sindicatos rurais e dando maior força na busca das reivindicações dos produtores.

O ex-presidente também falou sobre a importância do Parque de Exposições. “O Parque passaria a ser uma nova atividade econômica e de difusão do agronegócio, de apresentar para o produtor de São Gabriel do Oeste e do norte do Estado, novas tecnologias. Isso, temos certeza que vai acontecer”, destacou Bortolini.

Dos 35 anos do Sindicato, 12 eu governei, então, creio que deixei semeada uma visão diferente para a atividade do agronegócio, apostando e fortalecendo muito o produtor, até porque, a nossa função aqui é estritamente agropecuária, e provando para a sociedade de São Gabriel do Oeste a importância do Sindicato Rural”, finalizou Bortolini.

Pelos 12 anos dedicados ao Sindicato Rural, Bortolini recebeu uma placa de homenagem, tanto do Sindicato quanto da Famasul.

Educação Rural - Segundo o presidente da Federação, São Gabriel do Oeste desempenhou um trabalho eficiente ligado à capacitação no município e à educação. Foram mais de 2 mil pessoas capacitadas, entre 2017 e 2018, pelo Senar/MS e pela Famasul, além das 3 mil crianças participantes do Programa Agrinho, iniciativa que leva à sala de aula assuntos ligados à ética, respeito à diversidade, meio ambiente e conceitos de produção sustentável.

Participaram da cerimônia de posse os presidentes dos sindicatos rurais de Bandeirantes e Rio Verde de Mato Grosso, João Nelson Lyrio e Launil José Marquesan, respectivamente. E também o presidente do Sicredi Celeiro Centro-Oeste, Jaime Rohr; o vereador, Rogério Rohr, vereador Fernando Rocha; e o presidente da Associação Comercial de São Gabriel do Oeste e 1º secretário da Faems, Rodrigo Nissola.

A diretoria efetiva é composta por Vilson Mateus Brusamarello (presidente), Renê Miranda Alves (vice), Alcir Eibel (secretário) e Luiz Carlos Rotilli (tesoureiro), os suplentes são Júlio Cesar Bortolini e Adilson Luiz Cê.

O Conselho Fiscal é composto por Evandro Luiz Biazus, Claudio Roberto Raiter e Paulo Zanella. Os suplentes são José Aloisio Rohr, Sebastião Cruciol Filho e Mario Nirceu Pilon.

O delegado representantes efetivo é Vilson Matheus Brusamarelo. Os suplentes são Renê Miranda Alves e Jorge Luiz Zimmermann.

#SindicatoRural #SãoGabrielDoOeste

14 visualizações

© 2016 desenvolvido por Indoorbrasil.

Avenida Getúlio Vargas, 757 - Centro,São Gabriel do Oeste / MS