• Nativa FM

Prefeitura busca melhorias para o transporte coletivo



Na manhã de ontem (25/02), o prefeito de São Gabriel do Oeste, Jeferson Tomazoni (MDB), esteve reunido na Câmara Municipal de Vereadores, com o proprietário da empresa Viação São Gabriel, Everson Rezzieri, a Vice-prefeita Ivone Terezinha Pierezan e representantes da Câmara de Vereadores para discutir melhorias no transporte coletivo do município.

A superlotação nos ônibus em alguns horários, reclamações de vários usuários nas redes sociais e o questionamento formal da empresa Aurora Alimentos, foram os motivos da reunião. O empresário Everson Rezzieri, a empresa já iniciou alguns ajustes como a tabela de horários e monitoramento das linhas.

Com relação ao fato ocorrido na semana passada motivo da denúncia de uma usuária que causou bastante polêmica, Everson explicou que devido a um ajustamento de horário para atender as linhas de produção de empresas do Parque Industrial, os horários sofreram algumas alterações normais de ajustamento, que está sendo criteriosamente acompanhadas.

Além disso, informações da empresa permissionária, garante que mesmo transportando passageiros em pé em horário de grande fluxo (entrada e saída de turno), porém rigorosamente dentro dos termos da Lei, especialmente o Decreto Municipal 925/2015, que regulamenta área do perímetro urbano do município, que permite os ônibus trafegarem na Rodovia BR-163, até o Núcleo Industrial Sul.

Garantimos que nossos esforços tem o sentido de buscar a satisfação, qualidade e profissionalizar a concessão que operacionalizamos, garantindo assim plena satisfação dos usuários, inclusive disponibilizando mais veículos em horários de pico, tudo isso acompanhado de um sistema de rastreamento via satélite que garante dados confiáveis e em tempo real e registrados em relatórios específicos”, explicou Everson.

O Vereador Fernando Rocha (PSB), ressaltou a importância de trabalhar em conjunto com a empresa concessionária, dizendo que o fato de o sistema ser ofertado por uma empresa privada não exime a prefeitura a responsabilidade com o transporte coletivo, já que cabe a Administração Municipal monitorar o serviço dessa empresa.

"A nós vereadores o papel cobrar, e a superlotação e o horário são fundamentais para um transporte eficiente, e a empresa que explora esse serviço deve ter isso como princípio para melhor atender a população", explicou Fernando Rocha.

Já para o prefeito Jeferson Tomazoni, a reunião foi muito positiva, já que o serviço é uma concessão e a empresa mostrou-se disposta a melhorar os pontos mais críticos da questão colocando imediatamente dois veículos nos horários de pico.

Ao cobrar direitos as pessoas, tem que ter o bom senso de observar antes os direitos de gestantes, idosos, que a princípio por força de Lei já são disponíveis nos veículos, porém é imprescindível que a empresa cumpra com critérios legais de funcionamento, levando em consideração a opinião da população que é imprescindível no processo de adequação.

Ajustar horários, com uma campanha de conscientização aos usuários como a utilização do aplicativo da empresa, condicionantes para a gratuidade do transporte e locais destinados e assegurados a gestantes e idosos, foram sugeridos na reunião. Nestes casos, por questão de conscientização, o ideal é que os passageiros dêem a preferência, nos casos de lotação, ponderou Everson Rezzieri.

Entendo que nos dois primeiros horários em que foram apontados os problemas existem três veículos com diferença de cinco minutos um do outro, e a ansiedade de chegar em casa após a jornada de trabalho leva a busca do primeiro veículo que passe nos pontos. Mas precisamos e entendemos as necessidades da população e conclamamos o entendimento da população que o empresário está se colocando à disposição para atender e melhorar cada vez mais o sistema de transporte coletivo da cidade”, explicou o prefeito Jeferson Tomazoni.

A reunião contou com a presença dos vereadores Angelo Mendes, Fernando Rocha, Roberto Emiliani, Rogério Rohr, Rose Pires, Vagner Trindade e do presidente da Casa de Leis, Valdecir Malacarne.

Mais informações sobre as passagens podem ser obtidas na Rodoviária Municipal, ou pelo telefone 3295-5050.

#Prefeitura #Transporte

8 visualizações0 comentário