Cidadão grava vídeo e cobra solução para duplicação da BR-163



O fiscal tributário estadual, Evandro Luiz Pereira, de 63 anos, morador em Pedro Gomes, gravou um vídeo na BR-163, em Sonora nesta semana, onde reclama dos altos valores cobrados nos pedágios e da pouca extensão de rodovia duplicada na região norte do Estado.

A duplicação está paralisada, o contrato de concessão previa a duplicação de 798 quilômetro da rodovia entre 2014 e 2019, mas uma ação foi ajuizada pela concessionária CCR MSVia que quer reequilíbrio contratual.

A senhor Evandro relatou ao portal Idest que utiliza a rodovia com frequência, pois trabalha nas Agências Fazendárias (Agenfas) de Pedro Gomes e Sonora. No vídeo ele se refere ao falecimento do cantor Luis Henrique, ocorrido no último domingo (24) em Coxim, após uma colisão entre a motocicleta que ele conduzia e uma carreta, além de muitas outras fatalidades que acontecem na rodovia todos os dias, que poderiam ser evitadas caso já estivesse duplicada.

Evandro conta que conhecia o cantor desde criança, e toda família ficou abalada com a perda. “O objetivo com o vídeo é demostrar a indignação da população pelo descaso com essa rodovia que desde 2014 cobra pedágios, mas só tem uma pequena parte duplicada. Quantas vidas ainda terão de ser perdidas para que alguma atitude seja tomada”, questiona o senhor Evandro, revelando também o desejo de promover um abaixo assinado contra o descaso.

A reportagem entrou em contato com a assessoria da Concessionária CCR MSVia, que administra a rodovia, porém, até a publicação desta reportagem não recebemos retorno a respeito da duplicação.

Também foram contactadas autoridades políticas da região, entre eles o prefeito Enelto Ramos e o presidente da Câmara de Sonora, Raphael de Lemos, que afirmaram estarem sempre em busca de soluções para o problema, participando de reuniões com os governos Estadual e Federal, e sugerindo adequações, estando na companhia dos demais prefeitos e vereadores da região. Eles também relembram que a responsabilidade de alteração, punição e mudanças é do Governo Federal, aos municípios restam apenas cobrar e expor os problemas enfrentados pela população.

No mês de fevereiro o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) afirmou que o contrato de concessão da BR-163, com a empresa CCR MSVia, deve passar por uma revisão para tentar solucionar o problema da duplicação da rodovia que está paralisada.


#Duplicação #BR163

11 visualizações

© 2016 desenvolvido por Indoorbrasil.

Avenida Getúlio Vargas, 757 - Centro,São Gabriel do Oeste / MS