Faltas em consultas médicas, prejudica o usuário e o serviço de saúde de São Gabriel do Oeste



Uma prática que está se tornando muito comum entre os usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) em São Gabriel do Oeste-MS, está prejudicando muitos pacientes: o absenteísmo.

Ou seja, marcar uma consulta ou o exame e não comparecer no dia.

Os usuários e moradores de São Gabriel do Oeste, quando vão ao Laboratório Central, no CEM-Centro de Especialidades Médicas, agora visualizam um banner grande com a frase disposta bem em cima de números gritantes: "Faltar à consulta faz mal à saúde", causando ao mesmo tempo perplexidade e reflexão.

Os números comprovam a sentença: No mês passado (Junho/2019), 125 pessoas faltaram a consultas agendadas no Centro de Especialidades Médicas-CEM.

Essas faltas correspondem a consultas com médicos especialistas cuja manutenção requer o enfrentamento da demanda orçamentária do setor no município que só aumenta, as faltas foram: 52 para o setor de Ortopedia, 21 para Cardiologia, 14 Neurologia, 03 Oncologia, 16 Cirurgia Geral e 19 Vascular.

O fato chamou a atenção do prefeito Jeferson Tomazoni que postou em seu perfil numa rede social uma foto do banner chamando a atenção para o problema, e está sendo alvo de dezenas de comentários.

Absurdo, não custa nada avisar, tantos esperando uma consulta e poderiam ser chamados no lugar de quem não foi”, diz uma das seguidoras da postagem.

Quando precisamos de um retorno não tem, pois, a pessoa marca e não vai tem que ter consciência e respeitar uns aos outros”, diz outra.

A reportagem esteve no CEM, e conversou com o Coordenador Marlon Kessler, sobre o problema que essas faltas às consultas trazem para a população. “A falta do paciente à consulta médica é muito preocupante. É desperdício de dinheiro público, ainda mais na situação em que o Brasil se encontra. É preciso conscientizar a comunidade sobre a responsabilidade de comparecer às consultas e exames que são marcados. Se a pessoa sabe que não poderá comparecer, que avise aqui na Unidade com antecedência. Você pode tirar a oportunidade de alguém que está precisando", observou Marlon.

Infelizmente, são incalculáveis os prejuízos que isso ocasiona ao rendimento da qualidade dos serviços da Saúde. Quando o paciente desiste com antecedência, por um ou outro motivo, e comunica a desistência, a vaga que se criou com essa desistência é preenchida a tempo por outro paciente que está na fila de espera e que pode estar precisando muito desse atendimento.

Atualmente no município a população dispõe de atendimento de 20 médicos em 12 especialidades e a Secretaria Municipal de Saúde juntamente com a Funsaúde não tem medido esforços para reduzir o tempo de espera na fila de atendimentos que segundo o coordenador do Cem não passa de 60 dias. Recentemente o município, nua parceria inédita com a USP realizou a Expedição Cirúrgica, quando foram realizadas 72 cirurgias e mais de 400 exames com diminuição da fila da regulação.

O CEM- Centro de Especialidades Médicas em São Gabriel do Oeste localiza-se na Rua José Ferreira Rosa, 833 no centro da cidade e atende das 7h00 às 11h00 e das 13h00 às 17h00, com as seguintes especialidades médicas:

Ortopedia - com 4 médicos

Cardiologia - com 1 médico

Cirurgia Vascular – com 1 médico

Anestesiologia – com 2 médicos

Cirurgia Geral – com 2 médicos

Oftalmologia – 1 médico

Otorrinolaringologia – com 1 médico

Pediatria – com 3 médico

Ginecologia – com 3 médicos

Fonoaudiologia – com 1 médico

Psicologia – com 1 médico

Assistência Social – com 1 profissional

O paciente que não puder comparecer a consulta, pode avisar com antecedência nos telefones: (67) 3295-3206 ou 99984-4736

#Faltas #Consultas

19 visualizações0 comentário

© 2016 desenvolvido por Indoorbrasil.

Avenida Getúlio Vargas, 757 - Centro,São Gabriel do Oeste / MS