• Nativa FM

Agente da fiscalização sanitária da Covid é agredido ao fiscalizar em conveniência


Um agente da fiscalização sanitária da Covid-19 de São Gabriel do Oeste foi agredido a socos na noite deste sábado (29) enquanto fiscalizava numa conveniência localizada na esquina das ruas Anhumas com Perdizes, no bairro Jardim Gramado.


O município passa por situação crítica, com aumento de casos confirmados e falta de leitos no Hospital Municipal, tendo inclusive seis pacientes entubados a espera de vagas em Unidade de Tratamento Intensivo (UTI). O município está com decreto vigente que proíbe o consumo de bebidas alcoólicas e alimentos em conveniências, bares e similares, além de limitar o horário de encerramento de reuniões, festas e eventos em ambiente domiciliar no município.


As medidas foram tomadas tendo em vista a superlotação do Hospital Municipal e buscando a redução no número de aglomerações nas ruas e avenidas da cidade, porém, ainda falta consciência de parte da população.


Conforme relato da equipe de fiscais, durante rondas viram alguns cidadãos sem máscara no interior do estabelecimento e ingerindo bebidas alcoólicas, entraram e conversaram com a proprietária orientando para que não atendesse os clientes sem a máscara, em função do decreto. Em seguida os fiscais foram fazer o registro fotográfico, quando um cidadão foi em direção aos fiscais e desferiu um soco na boca de um deles. O fiscal foi agredido com dois socos na boca, causando ferimentos e sangrando.


Os fiscais se dirigiram até a PM e solicitaram apoio, retornando em seguida até a conveniência, onde pediram a proprietária do estabelecimento que fornecesse sua identificação para registro da ocorrência e posteriormente ser acionada como testemunha da agressão, porém, ela não quis fornecer os dados, sendo rude com os servidores e questionando a atendimento.


A comerciante também mostrou tom de deboche com a equipe da PM, não quis fornecer a identificação. Somente após o policial dizer que iria conduzi-la, caso não fornecesse a identificação, foi quando a mulher entregou os documentos para o registro da ocorrência. O agressor não havia sido localizado até o momento desta publicação.


O fiscal foi ao Hospital onde foi submetido a exame de corpo de delito, que foi entregue na Polícia Militar e já está de volta para a ronda.


Entre quinta e sexta-feira (28) São Gabriel do Oeste teve a confirmação de 84 novos casos da covid-19 e um óbito.


O 57º óbito ocorreu em 26 de maio. Paciente estava hospitalizado no Hospital El Kadri em Campo Grande desde 16 de abril.


A cidade está com 408 casos ativos, destes, 27 estão internados. A Secretaria de Saúde ainda aguarda o resultado de 200 amostras encaminhadas ao Lacen.

3 visualizações0 comentário