• Nativa FM

São Gabriel do Oeste vacinará nesta tarde com Pfizer aqueles que aguardam segunda dose de Coronavac

Atualizado: Set 17


A Secretaria de Saúde informou que estará vacinando com Pfizer, todos os agendados desta tarde que aguardavam a segunda dose de Coronavac. De acordo com a pasta, a aplicação segue as novas orientações da Secretaria de Estado de Saúde de Mato Grosso do Sul, que autorizou a aplicação da segunda dose


da Pfizer para quem tomou Astrazeneca e Coronavac.


Para esta sexta-feira (17), o município aguardava uma remessa da vacina Coronavac, que de acordo com a enfermeira Thaís Marocco, responsável pela coordenação da imunização, não foi enviada. “Recebemos um comunicado informando a falta dessas doses e orientando sobre a vacinação com o imunizante da Pfizer, conforme nota divulgada no dia 14, quando a SES autorizou essa intercambialidade”, disse.


Segundo o secretário estadual de Saúde Geraldo Resende estudos recentes apontam a eficácia da intercambialidade de vacinas contra a Covid-19. “Temos constatações científicas de que essa medida apresenta segurança e pode levar ao aumento da resposta imunológica das pessoas”, constata.


Outra justificativa para a aprovação da intercambialidade foi o atraso no envio, pelo Ministério da Saúde de lotes de Astrazeneca, devido à falta de Ingrediente Farmacêutico Ativo (IFA) para produção de doses pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). “Para não atrasar o calendário vacinal, autorizamos os municípios aplicarem a D2 de Pfizer nas pessoas que tomaram a primeira dose da Astrazeneca e da Coronavac, e que precisam completar o esquema vacinal”, explica o secretário.


A intercambialidade entre as vacinas foi liberada pelo Ministério da Saúde através da nota técnica 6/2021-SECOVID/GAB/SECOVID/MS, quando não for possível aplicar a segunda dose com o imunizante do mesmo fabricante; no caso, São Gabriel do Oeste não recebeu a remessa com a vacina Coronavac para completar o esquema vacinal.


A segunda dose deverá ser administrada no intervalo previamente aprazado, respeitando o intervalo adotado para o imunizante utilizado na primeira dose.

0 visualização0 comentário