• Nativa FM

Caixa libera R$ 40 milhões de abono salarial a 53 mil trabalhadores de MS


Mais de 53 mil trabalhadores nascidos entre julho e agosto terão disponíveis valores entre R$ 88 e R$ 1.045 de abono salarial, a partir desta terça-feira (8). Em Mato Grosso do Sul, o total liberado pela Caixa Econômica Federal chega a R$ 40.290.593.

O pagamento será feito pela Conta


Poupança Social Digital para os trabalhadores que não possuem nenhum outro tipo de conta corrente ou poupança na Caixa.

Conforme esclarece a instituição financeira, as contas digitais serão abertas de forma gratuita para o recebimento do benefício, sem a necessidade de apresentação de documentos e comparecimento à agência, permitindo o movimento por meio do aplicativo Caixa Tem.

Para quem já possui conta no banco, nada muda. Os créditos serão realizados nas contas existentes e os valores associados ao movimento com a utilização do cartão da conta ou ainda pelo Internet Banking Caixa e pelo aplicativo da Caixa.

Caso o valor do Abono Salarial não possa ser creditado em conta existente ou em Conta Poupança Social Digital, o trabalhador pode realizar o saque com o Cartão do Cidadão e senha nos terminais de autoatendimento, unidades lotéricas e nos Correspondentes Caixa Aqui, bem como nas agências.

Datas - Seguindo o calendário de pagamento, a partir do dia 15 de dezembro, é a vez dos trabalhadores que fazem aniversário em dezembro e têm direito ao benefício, mas ainda não sacaram o valor.

Nascidos em janeiro e fevereiro recebem a partir do dia 19 de janeiro de 2021. Dia 11 de fevereiro será a vez de quem nasceu em março e abril, enquanto os nascidos em maio e junho receberão pela conta digital a partir do dia 17 de março.

Quem pode receber - Tem direito a receber a quantia do abono, que pode variar entre R$ 88 e R$ 1.045 (um salário mínimo), o trabalhador que está inscrito há, pelo menos, cinco anos no PIS (Programa de Integração Social) e que tenha exercido função remunerada formal (com carteira assinada) por, no mínimo, 30 dias, no ano passado. A remuneração média mensal não pode ultrapassar dois salários mínimos - R$ 2.090.

No caso de funcionários públicos, que têm inscrição no Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep), o pagamento é feito pelo Banco do Brasil e o calendário é separado.

2 visualizações0 comentário