• Nativa FM

Decreto determina toque de recolher em Mato Grosso do Sul a partir de segunda


Decreto estadual determina o toque de recolher a partir da próxima segunda-feira (14) em todas as 79 cidades de Mato Grosso do Sul, devido ao aumento dos casos de coronavírus. O decreto será publicado nesta sexta-feira (11) no Diário Oficial e o toque de recolher começa na segunda, dia 14, das 22h às 05h durante 15 dias. A normativa é devido ao número de mortes causadas por infecções de coronavírus e hospitais superlotados à beira do colapso, afirma o governo estadual. Consta no decreto, que os cidadãos não poderão sair de casa entre 22h e 5h. Só poderá haver circulação nas vias públicas em casos de trabalho e emergência médica. Já os serviços não essenciais como bares e restaurantes permanecerão fechados durante o horário de restrição. A fiscalização será realizada pela Polícia Militar, Corpo de Bombeiros Militar e Vigilância Sanitária Estadual. Guardas municipais e vigilâncias sanitárias municipais vão reforçar a inspeção. Ainda segundo o decreto, os municípios deverão adotar as recomendações sanitárias definidas pelo Prosseguir (Programa de Saúde e Segurança da Economia) durante a restrição de circulação de pessoas. Caso os municípios não seguirem as regras, os casos serão encaminhados ao MPMS (Ministério Público Estadual). Ainda segundo a administração, nas últimas 24 horas, Mato Grosso do Sul teve 1.236 casos positivos de covid-19 e 18 óbitos. Em um total de 109.785 infectados e 1.888 mortes desde o início da pandemia. Segundo o boletim epidemiológico, a taxa de ocupação de leitos clínicos e de UTI em MS aumentou e já há falta de vagas nas regiões de Campo Grande e Corumbá. Já as regiões de Dourados e Três Lagoas estão com ocupação de 78% e 64%. Segundo o Prosseguir desta semana, 45 das 79 cidades do Estado estão com grau elevado de contaminação para o coronavírus.

3 visualizações0 comentário