• Nativa FM

Dia D de vacinação contra o sarampo acontece no próximo dia 30 de novembro em São Gabriel


Acontece no próximo dia 30 de novembro, o Dia D de vacinação contra o sarampo em São Gabriel do Oeste. Realizado pela Prefeitura Municipal através da Secretaria de Saúde, o Dia D espera imunizar o restante do público alvo apontado pelo Ministério da Saúde.


Desde o início de setembro, a Secretaria reforçou a imunização para o público infantil, mais suscetível a contrair a doença. Já nesta segunda etapa da campanha, além de vacinar os pequenos, a mobilização deve atender também aos adultos com até 29 anos de idade e que ainda não atualizaram a caderneta de vacinação.


A vacina contra o sarampo já está disponível em todas as unidades de saúde da cidade e de acordo com a coordenadora de imunização, Alice Favaretto, os profissionais já estarão aplicando a dose para quem procurar sua unidade. “Crianças acima de seis meses, jovens e adultos até 29 anos, já podem visitar a unidade de saúde portando a caderneta para receber a dose a partir desta terça-feira, dia 19. O sarampo continua avançando em todo o Brasil e a vacinação é a única forma de prevenir a doença”, disse Alice.


O tipo da vacina varia conforme a idade da pessoa. Seguindo o esquema de imunização, os bebês de seis meses a 1 ano devem tomar a chamada “dose 0”. Já as crianças de 1 a 5 anos devem receber duas doses, uma aos 12 meses e outra aos 15 meses. Em caso de aplicação de apenas uma das doses, é preciso se dirigir ao posto para realizar o complemento da segunda dose. Para aqueles com idade entre 1 e 29 anos, que receberam apenas uma dose, recomenda-se completar o esquema vacinal com a segunda dose da vacina. Quem comprova as duas doses, não precisa se vacinar novamente. 


Sarampo é uma doença infecciosa grave, causada por um vírus, que pode ser fatal. Sua transmissão ocorre quando o doente fala, espirra ou respira próximo de outras pessoas. Os sintomas são febre acompanhada de tosse, irritação nos olhos, coriza (nariz escorrendo ou entupido) e mal-estar intenso. Quando o quadro completa de três a cinco dias, podem aparecer manchas vermelhas no rosto e atrás das orelhas do paciente.


Não existe tratamento específico para o sarampo. Os medicamentos são utilizados para reduzir o desconforto ocasionado pelos sintomas da doença. A vacina é contraindicada para crianças menores de seis meses de idade, gestantes e pessoas em estado de imunossupressão.

3 visualizações0 comentário