• Nativa FM

Mais de 26% faltaram ao primeiro dia de provas do Enem em Mato Grosso do Sul

Atualizado: Nov 23


Além de ser a edição com o menor número de inscritos dos últimos 16 anos, o 1º dia de aplicação das provas do Enem 2021 também foi marcado pela abstenção. Em Mato Grosso do Sul, dos 37.020 inscritos para a prova presencial, apenas 73,9% compareceram, o 11º menor do país, abaixo até da média nacional, que foi de 74,5%.


Conforme o Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira), braço do MEC (Ministério da Educação) e responsável pela aplicação do exame, o índice de abstenção em MS também foi alto, de 26,1%. Dessa forma, 9,6 mil dos candidatos inscritos no Enem 2021 em MS não compareceram no último domingo (21).


Foram realizadas provas de linguagens, códigos e suas tecnologias, ciências humanas e suas tecnologias, além da redação, com o tema “Invisibilidade e registro civil: garantia de acesso à cidadania no Brasil”.


O índice de participação na versão digital do Enem foi ainda menor. Os dados iniciais do Inep mostram que dos 1.323 inscritos, apenas 51,5% fizeram a prova.


A logística do Enem em MS contou com a aplicação do exame em 41 municípios, sendo 123 locais de provas. Foram 130 coordenações e 1.647 salas.


O segundo dia do exame será no próximo domingo, 28 de novembro. Os participantes resolverão itens de ciências da natureza e suas tecnologias, e matemática e suas tecnologias. O Inep divulgará os gabaritos do Enem 2021 até 1º de dezembro, conforme previsto em edital.


Quem não compareceu a este primeiro dia do exame por estar com sintomas de doenças infectocontagiosas previstas nos editais do Enem 2021 (impresso e digital) poderá solicitar a reaplicação por meio da Página do Participante, no período de 29 de novembro a 3 de dezembro. No momento da solicitação, será necessário anexar documentação que comprove a condição de saúde.


O participante que tiver a documentação aprovada poderá participar da reaplicação, que ocorrerá nos dias 9 e 16 de janeiro de 2022. Nessas datas, o Inep também aplicará o exame para Pessoas Privadas de Liberdade ou sob medida socioeducativa que inclua privação de liberdade (Enem PPL) 2021 e para os participantes que se inscreveram entre 14 e 26 de setembro, após nova oportunidade destinada às pessoas isentas da taxa de inscrição que faltaram ao Enem 2020.

2 visualizações0 comentário