• Nativa FM

Pavimentação da Estrada das Águas em Rio Verde fomenta turismo e auxilia no escoamento da produção

Atualizado: Jun 29


Com recursos do Fundo de Desenvolvimento do Sistema Rodoviário do Estado de Mato Grosso do Sul (Fundersul), o Governo do Estado está investindo R$ 10.415 milhões na pavimentação asfáltica de 5,8 quilômetros da MS-427, e implantando mais 2 quilômetros de ciclovia, em Rio Verde. O trecho, conhecido como Estrada das Águas, liga a cidade até o Barro Preto, contemplando os cinco balneários e diversas pousadas do município, que é um dos principais polos turísticos da região Norte e que tem se destacado cada vez mais no ecoturismo.


A chegada da infraestrutura beneficia moradores, empresários e turistas que frequentam e exploram os atrativos turísticos da cidade, como conta Francisco Antônio Almeida Moreira, 48, conhecido com Meca, proprietário de um dos balneários da cidade.

O que está acontecendo em Rio Verde de MT é resultado de uma gestão comprometida com o desenvolvimento e, mais, é uma prova de que o governo municipalista dá resultados efetivos. Um Estado só cresce se os municípios crescerem juntos”, ressaltou o secretário de Infraestrutura Eduardo Riedel.


Esse asfalto melhorou 100% nosso movimento, ainda mais com essa pandemia que tivemos uma queda significativa. Essa época do ano, por exemplo, que não tínhamos muito movimento já dá para sentir a diferença, então, esse asfalto trouxe valorização e o crescimento do turismo, beneficiando todos os pontos turísticos do nosso município”, explica.


O proprietário ainda conta que os investimentos em infraestrutura, além de valorizar o turismo também estão ajudando no escoamento da pecuária e principalmente no desenvolvimento da lavoura, que está ganhando espaço na região. “Como a estrada dá acesso ao Pantanal, esse asfalto está ajudando muitos que estão investindo na plantação, na lavoura agora. Então, estamos muito satisfeitos com tudo isso”.


Para o prefeito de Rio Verde, Zé de Oliveira, essa obra é um investimento gigantesco para o município e tanto o governador como os proprietários dos pontos turísticos da cidade estão de parabéns. “Essa estrada liga Rio Verde a planície pantaneira, então nossa cidade e o nosso turismo merecem esse reconhecimento. E agora que a agricultura vem ganhando espaço é um incentivo para o produtor que quer e está investindo, porque sabe que tem como escoar a produção. Estamos agradecidos com essa gestão, pois nosso governador tem sido o grande tocador de obras de Rio Verde.


O prefeito conta que este é o quinto mandato que está à frente do executivo municipal e que há mais de 30 anos nenhum governador fez tanto por Rio Verde. “Em 1982, o então governador Pedro Pedrossian fez a rua Ipiranga e a avenida Américo de Souza Brito, até o 7 Quedas. Então, isso é uma alegria para todos nós e com certeza o nome do Reinaldo Azambuja vai ficar na história.


Em 2018, o Governo do Estado realizou a primeira etapa desta obra. Com investimentos de R$ 7,1 milhões, foi feito a restauração de 7,8 quilômetros da MS-427 e a implantação de uma ciclovia, também de 7 quilômetros, margeando a rodovia.


O município também irá receber a construção de uma ponte de concreto armado, com 50 metros de extensão sobre o Rio Taquari Mirim. Orçada em R$ 1.763 milhão, a ponte será construída em uma estrada vicinal do município e vai ligar a região do Garimpinho e Dequadra até a BR-163, o que vai reduzir a viagem até Coxim em torno de 50 quilômetros.


A ponte dará apoio ao produtor rural daquela região, que tem muita produção mas não tem acesso direto e seguro para o escoamento. Além de reduzir o trajeto até 163, irá alavancar os produtores daquela região, tanto agrícola ou pecuária. Só temos a agradecer ao Reinaldo Azambuja que não olha sigla partidária. Ele é de uma gentileza, pensamento e visão de desenvolvimento, e acima de tudo municipalista, e agradecer também ao secretário Riedel que tem ajudado muito a desenvolver esses projetos”, finalizou o prefeito.


A construção da ponte, que já foi dada Ordem de Serviço, será realizada pela empresa Airos Construtora Eireli, vencedora da licitação.

3 visualizações0 comentário