• Nativa FM

Ponte sobre o rio Coxim é encoberta pelas águas, na divisa entre Camapuã e São Gabriel


Uma ponte na região do distrito do Areado, em São Gabriel do Oeste na divisa com o município de Camapuã, foi submersa pelas águas do Rio Coxim, devido ao volume de chuvas ocorridas nos últimos dias, principalmente entre os dias 31 de janeiro e esta terça-feira 01 de fevereiro.


As informações são de que a MS-142 que liga Camapuã a São Gabriel do Oeste está interditada na região da ponte do Rio Taquarussu, que não aguentou a força da água.


Ponte sobre o rio Taquarussu MS 142

Conforme pluviômetro do Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden), entre ontem (31) e a tarde desta terça-feira (01), o volume de chuva na área urbana de São Gabriel do Oeste foi de 76 milímetros.


A área rural de Camapuã também sofreu com o grande volume de chuva ocorrido nesta segunda-feira (31). Pontes e estradas foram danificadas isolando algumas regiões e dificultando o escoamento da produção.


Devido ao volume de chuva, tanto em Camapuã como em São Gabriel do Oeste, o nível do Rio Taquari subiu na cidade de Coxim. No início da manhã desta terça-feira (01), atingiu 4,88 metros.


Com risco de corte de energia elétrica, queda de galhos de árvores, alagamentos e de descargas elétricas, 75 cidades do Estado estão sob o novo alerta do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) divulgado nesta terça-feira (1º).


De acordo com o aviso meteorológico, na cor laranja, indicando perigo, as chuvas intensas em Mato Grosso do Sul podem acumular até 100mm/dia e os ventos podem chegar aos 100 km/h. O alerta do Inmet tem validade até o meio-dia de amanhã.


A possibilidade de chuvas com raios e rajadas de vento faz com que a população tenha alguns cuidados: em caso de rajadas de vento, não se abrigue debaixo de árvores. Não estacione veículos próximos a torres de transmissão e placas de propaganda. Se possível, desligue aparelhos elétricos e quadro geral de energia.


Em casos de emergência, a população pode acionar a Defesa Civil através do telefone 199. O Corpo de Bombeiros Militar também pode ser chamado, nesse caso, número é o 193.


Do Portal Idest.

0 visualização0 comentário