• Nativa FM

Prefeitura de São Gabriel do Oeste anuncia reajuste progressivo para servidores municipais


O Prefeito de São Gabriel do Oeste, Jeferson Tomazoni e o vice-prefeito, Valdecir Malacarne, estiveram reunidos nesta semana com o secretariado e representantes das classes, para tratar sobre o reajuste salarial dos servidores do Município. Após a reunião, a Administração Municipal anunciou que irá conceder um reajuste progressivo para os municipários, iniciando com 14,58% retroativo a fevereiro, 2% em maio e 2% em agosto, totalizando 18,58% de reajuste no valor total salarial; além de mais um abono de 50% no cartão alimentação.


A proposta do aumento inicial de 14,58% foi encaminhada para estudo e deve entrar para aprovação já na próxima terça-feira (22) na Câmara Municipal. As demais matérias com reajustes devem ser encaminhadas nos próximos dias. Jeferson afirmou que o aumento busca melhorar as condições salariais de todas as categorias, tendo em vista uma política de recuperação salarial que deve ser adotada pela Administração a partir deste ano, visto que, todos os servidores estavam há mais de um ano sem reajuste devido a pandemia.


Reiteramos aqui o nosso compromisso de sempre tratar com transparência e seriedade todas as demandas do Município, principalmente com relação a valorização dos servidores públicos e com a qualidade social do serviço público. Mesmo em meio a tantas crises, sempre buscamos conceder os maiores aumentos aos servidores que fazem parte da folha, respeitando a política de reajuste salarial”, pontuou Jeferson.


Em 2018, São Gabriel do Oeste concedeu um dos maiores reajustes salariais dentro do Estado de Mato Grosso do Sul e continuou a manter a progressão nos anos seguintes, sempre dentro do orçamento municipal. A política de reposição salarial dos servidores no município foi interrompida devido a promulgação da Lei Complementar 173/2020 que, no contexto da pandemia, ficou conhecida como Lei de Socorro aos Estados, proibindo o reajuste no salário de servidores federais, estaduais e municipais até 31 de dezembro de 2021.


O valor de reajuste proposto para este ano representa um ganho real 27,43% em relação ao Índice de Preços ao Consumidor (IPCA) dos últimos 24 meses. A estimativa do impacto financeiro do reajuste é de aproximadamente R$ 14 milhões por ano só para os servidores da ativa. Com o empenho e compromisso, mesmo com o reajuste, a folha de pagamento conseguirá se manter abaixo do teto de gastos determinado pela Lei Complementar de Responsabilidade Fiscal.


Assessoria de comunicação.

4 visualizações0 comentário