• Nativa FM

São Gabriel continua vacinação contra Covid-19 para prioritários e acima dos 50 anos nesta quinta


A Secretaria de Saúde de São Gabriel do Oeste recebeu na manhã nesta quinta-feira (10) mais um lote de vacinas do Governo do Estado de Mato Grosso do Sul. Com 525 doses da AstraZeneca, o Município continuará a vacinação dos grupos prioritários e população acima de 50 anos. A ação acontecerá nesta quinta-feira (10), das 13h30 às 16 horas na quadra da Associação Unidos da Feliz Idade (Aufi).


De acordo com a coordenadora de imunização, Thaís Marocco, as doses estarão disponíveis para lactantes (acima de 18 anos) com bebês acima de 45 dias até dois anos de idade, genitores e tutores (acima de 18) anos que auxiliam no cuidado de indivíduos com deficiência permanente e necessidades especiais, para a população em geral de 50 anos acima, idosos e os demais grupos prioritários que perderam a primeira dose da vacina.


A Secretaria de Saúde solicita que as pessoas se dirijam até o local de vacinação sem acompanhantes da família ou crianças. A medida é necessária para evitar a aglomeração.


Confira a tabela de imunização desta quarta-feira e os documentos necessários para receber a vacina:

  • Profissionais dos Correios – 18 anos ou mais – apresentar documento pessoal e carteira de trabalho assinada ou holerite;

  • Mulheres lactantes com bebês acima de 45 dias até dois anos – 18 anos ou mais – apresentar documento pessoal e certidão de nascimento da criança e cartão de acompanhamento da criança constando que a mãe está em aleitamento materno;

  • Genitores que auxiliam nos cuidados de indivíduos com deficiência permanente e necessidades especiais – 18 anos ou mais – apresentar documento pessoal, cópia do laudo do médico que presta a assistência e da certidão de nascimento da criança;

  • Tutores que auxiliam nos cuidados de indivíduos com deficiência permanente e necessidades especiais – 18 anos ou mais – apresentar documento pessoal, cópia do laudo do médico que presta a assistência e de um documento comprobatório de concessão de tutela;

  • Caminhoneiros com carteira CNH D e E – de 18 anos ou mais – apresentar carteira de motorista (observação de atividade remunerada em sua CNH) e um documento que comprove a atividade: carteira de trabalho assinada, ou ainda cópia da declaração de imposto de renda; ou documento de filiação a associação de classe;

  • População em geral acima de 50 anos de idade – apresentar documento pessoal (CPF) e cartão do SUS;

  • Profissionais da Saúde que ainda não receberam a primeira dose: farmacêuticos, médicos, enfermeiros, nutricionistas, fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais, biomédicos, odontólogos, psicólogos, assistentes sociais, fonoaudiólogos, profissionais de Educação Física e médicos veterinários – apresentar documento de comprovação da atividade;

  • Portadores de síndrome de Down – de 18 anos ou mais – deficientes permanentes – de 18 anos ou mais – que apresentem grande limitação motora de fala, de audição, de visão ou deficiência intelectual grave – apresentar documentos pessoais e cartão do SUS;

  • Profissionais da Educação – 18 anos ou mais – apresentar holerite/carteira assinada;

  • Trabalhadores coletores de resíduos sólidos – 18 anos ou mais – apresentar holerite/carteira assinada;

  • Motoristas de transporte coletivo rodoviário – 18 anos ou mais – apresentar holerite/carteira assinada;

  • Comorbidades – 18 anos ou mais – apresentar laudo médico atualizado ou receita médica ou cartão de acompanhamento (deverá entregar uma cópia);

Lista de comorbidades: diabetes, hipertensão, obesidade grau III (IMC de 40 ou mais), cardiovasculares, asma brônquica grave, imunossuprimidos, transplantados, doentes renais crônicos, hemoglobinopatias graves e doenças autoimunes.

2 visualizações0 comentário