• Nativa FM

São Gabriel do Oeste inicia nesta semana a aplicação das doses de reforço em adolescentes


A Secretaria Municipal de Saúde de São Gabriel do Oeste estará iniciando nesta terça-feira (31), a aplicação da dose de reforço das vacinas contra a Covid-19 para adolescentes de 12 a 17 anos de idade. A aplicação segue a recomendação do Ministério da Saúde que divulgou nota ampliando o reforço da imunização para


este público na última semana.


De acordo com Thaís Marocco, coordenadora de imunização do município, para receber a terceira dose da vacina, os adolescentes devem ter sido vacinados com a segunda dose há pelo menos quatro meses, ou seja, até o dia 06 de fevereiro deste ano. A primeira ação será realizada amanhã das 7h30 às 10h na sala de vacinas da Prefeitura, já na quarta-feira (01), acontece mais uma etapa, com aplicação das 13h30 às 16h no mesmo local.


Tanto o imunizante da Pfizer quanto a Coronavac, produzida no Brasil pelo Instituto Butantan, são autorizados pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para essa faixa etária. Em São Gabriel do Oeste, nesta ação, serão utilizadas as vacinas Coronavac, de acordo com a disponibilidade do estoque.


A vacinação com a dose de reforço para adultos, repescagem de aplicação de primeiras doses acima de 5 anos, de segundas doses, aplicação de quarta dose para população acima de 50 anos e profissionais de saúde e aplicação para agendados também serão realizadas nestas datas. Confira o cronograma completo abaixo.


Vacinação para crianças de 5 a 11 anos de idade e aplicação de primeira dose acima de 12 anos; aplicação de segundas doses atrasadas/agendados do dia de Coronavac, Astrazeneca, Pfizer e Janssen; aplicação de terceiras doses, para quem tomou a segunda dose até 06/02 (adolescentes/adultos/idosos) e aplicação de quartas doses, para quem tomou a terceira dose até 06/02 (população acima de 50 anos e profissionais de saúde acima de 18 anos):


Terça-feira (31) – das 7h30 às 10h na Sala de Vacinas da Prefeitura;

Quarta-feira (01) – das 13h30 às 16h na Sala de Vacinas da Prefeitura.


Em abril, a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) Minas alertou para a importância de uma dose de reforço para todas as pessoas. Uma pesquisa conduzida pela fundação mostrou o reestabelecimento da proteção após a aplicação da segunda dose.


Após a aplicação dessa dose, o nível de anticorpos presentes no organismo cai. Com a dose de reforço, a proteção é restabelecida. As análises mostraram que a chamada taxa de soropositividade passou de 98%, após 30 e 60 dias da aplicação da vacina, para 69%, no período que compreendeu entre 91 e 180 dias após a vacinação. Com a aplicação do reforço da Pfizer, esses índices foram restabelecidos, chegando a 100% de soropositividade 15 dias após a aplicação. Dados: Agência Brasil


Assessoria de comunicação

3 visualizações0 comentário