• Nativa FM

Saúde de São Gabriel do Oeste se prepara para realizar um novo mutirão de cirurgias oftalmológicas


A Saúde de São Gabriel do Oeste se prepara para realizar mais um mutirão de cirurgias oftalmológicas na cidade. Ao todo, cerca de 100 pacientes que aguardavam o retorno dos procedimentos cirúrgicos após a interrupção devido a pandemia do coronavírus, serão atendidos neste final de semana no Hospital Municipal José Valdir Antunes de Oliveira.


Durante a semana, os médicos da clínica MS Visão, empresa licitada para prestar o atendimento e fazer as cirurgias, realizaram as últimas consultas e exames oftalmológicos. Com equipamentos de última geração, foi concluído o pré-operatório e o agendamento das cirurgias dos pacientes que passaram pela triagem final.


De acordo com a presidente da Funsaúde, Michele Paupério, muitos dos pacientes estão retornando agora para a cirurgia do segundo olho, após passar pelo procedimento em um dos olhos no primeiro mutirão que foi realizado pela Prefeitura no final de 2019. “Havia uma programação para 2020, mas então fomos surpreendidos pela pandemia e as cirurgias precisaram ser adiadas. Hoje estamos retornando com a realização desses procedimentos, neste mês já fizemos cirurgias ortopédicas e agora esperamos agilizar a fila da oftalmologia”, disse.


As cirurgias de catarata terão início às 6h deste sábado (11). A catarata é uma doença que causa perda parcial ou total da visão, podendo deixar a vista turva ou embaçada, além de diminuir a visão noturna e causar hipersensibilidade à luz. Com a realização da cirurgia, os pacientes poderão recuperar a qualidade de vida.


A Secretaria de Saúde informa que em breve estará realizando novos mutirões para zerar as filas de espera de cirurgias eletivas para a população. Para novos pacientes, é necessário passar por consulta nas unidades de saúde para encaminhamento ao CEM (Centro de Especialidades Médicas).


Além das cirurgias realizadas pelo Município; o governador lançou, nesta semana, a Nova Caravana da Saúde, que terá um investimento de R$ 120 milhões e vai seguir com procedimentos até outubro de 2022, em 11 de atividades voltadas para população do Estado. O foco é reduzir as filas das cirurgias eletivas e a realização de exames de diferentes especialidades.


São 70 mil procedimentos médicos de média e alta complexidades serão realizados em Mato Grosso do Sul, entre eles as cirurgias ortopédicas, vasculares, oftalmológicas, de otorrinolaringologia e urológicas. No rol de exames aparecem ressonâncias magnéticas, tomografias computadorizadas, ultrassonografias, cardiovasculares, de cintilografia, endoscopia e colonoscopia.


A pandemia paralisou as cirurgias eletivas e os exames em todo o Estado. Em 2020 e 2021, os hospitais tiveram que parar esses serviços para se dedicarem ao atendimento à covid-19. Nisso, criou-se um passivo enorme de pessoas aguardando na fila. Pelo menos 70 mil. Então, hoje retomamos a Caravana, contratamos hospitais públicos e abrimos o credenciamento para hospitais privados”, afirmou o governador.


A Caravana seguirá em duas modalidades: “Opera MS” e “Examina MS”, com atendimentos exclusivos em unidades hospitalares e clínicas médicas credenciadas pelo Governo do Estado. Até o momento, 39 estabelecimentos de saúde de 34 municípios aderiram à Caravana. A expectativa é ampliar o número de unidades de saúde. “Se precisar vamos aumentar os procedimentos e colocar mais recursos”.


Vejafolha.

0 visualização0 comentário